24 de jul de 2010

amo desse jeito









Te amo desse jeito
Meio sem jeito
Saudade aperta o peito
Mesmo ao teu lado

Não vê que eu sou assim
Perdida de amor
Começo pelo fim
Te amo desse jeito
Meio do avesso

Faço planos, casamento, filho pra criar
E só depois de tudo paro e vejo
Que você serve pra mim

Te amo desse jeito
Meio sem jeito
Saudade aperta o peito
Mesmo ao teu lado

Não vê que eu sou assim
Perdida de amor
Começo pelo fim
Te amo desse jeito
Meio do avesso

Escolho valsas, véu, vestidos, flores pro altar
E só depois de tudo paro e vejo
Que você serve pra mim

Dou nome ao nossos filhos
e o seu eu mando tatuar
E só depois de tudo paro e vejo
Que você serve pra mim

(Sandy)

Um comentário:

Anônimo disse...

Sempre lendo e observando.
E, em mês de leão, hora de parabenizar.
Saúde, vida e sol... sempre!