11 de nov de 2007

Lágrimas


"Lágrimas são emoções materializadas que romperam as barreiras do corpo físico. Em realidade, representam os excessos de energia que necessitamos extravasar.
Nem sempre são as mesmas fontes que determinam as lágrimas, pois variadas são as nascentes geradoras que as expelem através dos olhos.
Lágrimas nascidas do amor materno...
Lágrimas de alegria dos olhos dos enamorados...
Lágrimas geradas pela dor da perda de um ente querido...
Lágrimas de amigos que apertam as mãos nas realizações...
Há, porém, lágrimas criadas pelos centros de desequilibrios que mais se assemelham a gotas de fel...
Lágrimas de inveja e revolta que brotam dos olhos dos orgulhosos e despeitados...
Lágrimas de angústia e desconforto que umedecem as pálpebras dos inconformados e rebeldes...
Lágrimas de pavor e devassidão, ... tóxicos destilados pela fisionomia dos corruptos...
Lágrimas dissimuladas que gotejam da face dos hipócritas e sedutores...
... no teu mergulho interior pondera tuas lágrimas, analisa-as e certifica-te dos sentimentos que lhe deram origem.
Que sejam sadias suas fontes geradoras de emoções e que esse líquido cristalino que escorre sobre tuas faces te levem ao encontro da paz interior, entre alicerces de uma vida plena."
(trecho do livro 'Renovando Atitudes', Francisco do Espirito Santo Neto, ed. Boa Nova)

Nenhum comentário: