5 de dez de 2008

O COLORIDO DO MEU AMOR





O COLORIDO DO MEU AMOR






Eu pintarei o meu humor

Em tons de azul

Pintarei minha alma

Para estar com você

Esboçarei seus lábios

Em tons sombreados

Desenharei sua boca para mim mesma



Eu desenharei seus braços
Ao redor de minha cintura
Então eu hesito
Eu deveria apagar
Eu pintarei a chuva

Que toca suavemente

Os seus cabelos castanhos

Eu traçarei uma mão

Para enxugar suas lágrimas

Um olhar para acalmar seus medos

Uma silhueta de escuridão e luz

Enquanto abraçamos um ao outro

Bem apertado


Eu pintarei um sol

Para aquecer o seu coração

Jurando que nós nunca nos separaremos

Esse é o colorido do meu amor

Eu pintarei a verdade


Para mostrar como eu me sentirei

Tentarei te fazer completamente real

Usarei um pincel bem leve e fino

Para desenhar você próximo

E te fazer meu


Eu pintarei um sol

Para aquecer o seu coração

Jurando que nós nunca, jamais nos separaremos

Esse é o colorido do meu amor

Eu desenharei os anos, todos passando

Tanto para aprender, tanto para tentar

E com um toque

Nossas vidas começarão

Jurando que nós nunca nos separaremos

Eu te ofereço o que você não pode comprar

Amor devoto

Até nós morrermos...











Nenhum comentário: