28 de jul de 2009





"Não sei se é um dever sacrificar a felicidade e a vida pela verdade...
Mas sei que é um dever, quando se quer ensinar a verdade, ensiná-la toda, ou então de jeito nenhum;
ensiná-la claramente e sem rodeios, sem mistérios, sem reservas, sem desconfiar de sua força e da sua utilidade...
Pois quanto mais grosseiro o erro, tanto mais curto e direto o caminho que conduz à verdade;
em contrapartida, o erro refinado pode manter-nos eternamente afastados da verdade, tão difícil nos é reconhecê-lo como erro...
Aquele que só pensa em vender a verdade sob toda espécie de máscaras e artifícios bem poderia ser seu rufião, nunca seu amante."

LESSING, bibliotecário em Wolfenbüttel
(citado por Rosa Luxemburgo, num discurso no Congresso de Fundação do Partido Comunista Alemão, realizado entre 30 de dezembro de 1918 e 1o de janeiro de 1919.)




"Eu só posso estar na vida do outro para fazer o bem, para acrescentar, caso contrário , sou perfeitamente dispensável."




"O egoísmo não consiste em vivermos conforme os nossos desejos,
mas sim em exigirmos que os outros vivam da mesma forma que nós gostaríamos.
O altruísmo em deixarmos todo mundo viver do jeito que quiser...“
(Oscar Wilde)

Nenhum comentário: