14 de nov de 2008

Festival de Cinema de Brasília

Festival de Cinema de Brasília começa na próxima terça-feira (18/11/2008)


O 41º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro começa na próxima terça-feira (18), com exibição do filme São Bernardo, de Leon Hirszman, somente para convidados. A obra foi restaurada – é de 1972 - e é baseada em romance homônimo de Graciliano Ramos.

De 19 a 24 de novembro será realizada as mostras competitivas.
Os filmes em 35mm têm sua estréia às 20h30, no Cine Brasília, com debate às 11h do dia seguinte, e quatro reprises na programação. Já os filme em 16mm serão exibidos às 14h30, na Sala Martins Pena do Teatro Nacional Claudio Santoro, seguidos de debate com os realizadores.

Neste ano, o júri dos filmes 35mm é formado pelo jornalista Artur Xexéo, pelos cineastas Carlos Reichenbach, Vladimir Carvalho, Sérgio Machado e Murilo Salles, além das atrizes Maria Flor e Sandra Corveloni.
Na mostra de 16mm o júri é formado pelos cineastas Anna Azevedo, Camilo Cavalcante, Marcelo Laffitte, a cineasta e atriz Adriana Vasconcelos, e a educadora e sócia-diretora do Espaço Unibanco de Cinema em São Paulo, Patrícia Durães.

Veja a programação:
Dia 18 (terça-feira)
20h30 - Sala Villa-Lobos do Teatro Nacional Claudio Santoro, para convidados.
Abertura do Festival com apresentação da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro, sob a regência do maestro Ira Levin, anúncio da criação da Brasília Film Commission e exibição da cópia restaurada do filme S. Bernardo, de Leon Hirszman.


Dia 19 (quarta-feira)
14h30 - Sala Martins Pena, Teatro Nacional Claudio Santoro, entrada franca.
Mostra Competitiva 16mm e debate
Medo do Escuro, de Cauê Brandão, 17min, DF
Alice, de Edward Boggiss e Miguel Przewodowski, 20min, RJ
Maridos, Amantes e Pisantes, de Angelo Defanti, 12min, RJ
O Que Há de Ficar, de Felipe Continentino, 15min, RJ
Depois de Tudo, de Rafael Saar, 12min, RJ
Mostra Brasília 16mm
A Lenda do Arco-Íris Noturno, de Rogério Quintão, 36min, DF
Fora do Bar, de Lello Kosby, 10min, DF
Âmago, Antonio Balbino, 8min, DF


20h30 e 23h30 - Cine Brasília
Mostra Competitiva 35mm
A Mulher Biônica, de Armando Praça, 19min, CE
Que Cavação É Essa?, de Estevão Garcia e Luís Rocha Melo, 19min, RJ
O Milagre de Santa Luzia, de Sergio Roizenblit, 104min, SP


Dia 20 (quinta-feira)
14h30 - Sala Martins Pena, Teatro Nacional Claudio Santoro,
entrada franca.
Mostra Competitiva 16mm e debate
O Beijo da Meia-Noite, de Jefferson Matoso, 14min, DF
Na Trilha das Guerreiras, de William Allves, 40min, DF
Ouroboro, de Maurício Antonângelo, 17min, SC
Varenick com Vatapá, de Marcelo Szykman, 18min, SP
V.I.D.A., de Geison Ferreira e Vinícius Zinn, 23min, SP
Mostra Brasília 16mm
Sobre Ovelhas e Lobos, de Ignácio Amaral, 8min, DF
A Casa da Mãe, de João Paulo Osterno de Macedo, 33min, DF


20h30 e 23h30 - Cine Brasília
Mostra Competitiva 35mm
Nº 27, de Marcelo Lordello, 19min, PE
Cidade Vazia, de Cássio Pereira dos Santos, 13min, DF
FilmeFobia, de Kiko Goifman, 80min, SP


Dia 21 (sexta-feira)
14h30 - Sala Martins Pena, Teatro Nacional Claudio Santoro
, entrada franca.
Mostra Competitiva 16mm e debate
32 Mastigadas: 16N e 16S, de Maria Vitória Canesin, 13min, DF
2+2=5, de Gui Campos, 7min, DF
Disfarça e Chora, de Robson Graia, 11min, DF
Poesia do Barro, de Adriana Gomes, 40min, DF
Tira-Gosto de Poeta, de Danielle Araújo, 25min, DF
Minha Tia, Meu Primo, de Douglas Soares, 10min, RJ
Mostra Brasília 16mm
A Incomunicabilidade Humana Segundo Tarkowski, de Thiago de Castro, 19min, DF
Maria do Paraguaçu, de Camila Dutervil, 29min, DF


20h30 e 23h30 - Cine Brasília
Mostra Competitiva 35mm
Brasília (Título Provisório), de J. Procópio, 15min, DF
A Arquitetura do Corpo, de Marcos Pimentel, 21min, MG
Siri-Ará, de Rosemberg Cariry, 90min, CE


Dia 22 (sábado)
14h30 - Sala Martins Pena, Teatro Nacional Claudio Santoro,
entrada franca.
Mostra Competitiva 16mm e debate
A Menina Espantalho, de Cássio Pereira dos Santos, 13min, DF
Homicida É!, de Gustavo Serrate, 25min, DF
Landau 66, de Fernando Sanches, 12min, SP
Memórias Finais da República de Fardas, de Gabriel F. Marinho, 35min, DF
O Velho Guerreiro não Morrerá - O Cangaceiro de Lima Barreto 50 Anos Depois, de Paulo Duarte, 20min, SP
Raul de Xangô, de Érico Cazarré, Henrique Siqueira, Marieta Cazarré, 17min, DF
Mostra Brasília 16mm
Ainda Somos os Mesmos, de Filipe Vianna, 12min, DF
Geni, de Marco Alencar, 13min, DF


20h30 e 23h30m - Cine Brasília.
Mostra Competitiva 35mm
Ana Beatriz, de Clarissa Cardoso, 9min, DF
Minami em Close-up, de Thiago Mendonça, 19min, SP
Ñande Guarani (Nós Guarani), de André Luís da Cunha, 76min, DF


Dia 23 (domingo)
14h30 - Sala Martins Pena, Teatro Nacional Claudio Santoro,
entrada franca.
Mostra Competitiva 16mm e debate
Canosa One, de Fellipe Gamarano Barbosa, 18min, RJ
Incarcânu A Tiortina, de Tau Tourinho e Gabriel Lopes Pontes, 24min, BA
Marcelo Bousada, Quem?, de Denilson Félix, 39min, DF
Nello’s, de André Ristum, 26min, SP
Nada Consta 2: Malditos Robôs!, de Santiago Dellape e Davi Matos, 15min, DF
Depois das Nove, de Allan Ribeiro, 15min, RJ
Mostra Brasília 16mm
Copo D’Água, de Pedro Oswald, 13min, DF

20h30 e 23h30, Cine Brasília.
Mostra Competitiva 35mm
A Minha Maneira de Estar Sozinho, de Gustavo Galvão, 15min, DF
Na Madrugada, de Duda Gorter, 21min, RJ
À Margem do Lixo, de Evaldo Mocarzel, 83min, SP


Dia 24, (segunda-feira)

14h30, Sala Martins Pena, Teatro Nacional Claudio Santoro, entrada franca.
Mostra Competitiva 16mm e debate
Cidade do Tesouro, de Célio Franceschet, 18min, SP
Cotidiano, de Renato Jevoux, 14min, RJ
Nem Marcha Nem Chouta, de Helvécio Marins Jr., 8min, MG
O Caipira e o Chupa-Cabras, de Joelson Miranda Santos, 12min, GO
O Rapto da Lua, de Fábio Escovedo e Vinicius Pereira, 19min, RJ
Mãe, de Luís Antônio Pereira, 15min, RJ
Mostra Brasília 16mm
Ribeirinho, de Celso Martins e Paulo Nascimento, 15min, DF
O Linhão e o Popota, de Herbert Amaral, 13min, DF
As Fadas da Areia, de João Batista Melo, 15min, DF


20h30 e 23h30 - Cine Brasília
Mostra Competitiva 35mm
Cães, de Adler Paz e Moacyr Gramacho, 16min, BA
Superbarroco, de Renata Pinheiro, 16min, PE
Tudo Isto me Parece um Sonho, de Geraldo Sarno, 150min, RJ


Dia 25 (terça-feira)
20h - Cine Brasília,
para convidados.
Solenidade de premiação: exibição do filme Lance Maior, de Sylvio Back e entrega dos troféus e prêmios.
Nas atividades paralelas estão incluídos:
- Festivalzinho, com exibição de Cavalinho Azul, de Eduardo Escorel
- III Seminário Locações Brasil
- Seminário Roteiro em Questão III
- Seminário O cinema pensa a linguagem: Macabéa Vai ao Cinema
- Seminário O Profissional de Cinema do Futuro
- Oficina de atuação para câmera
- Mostra Petrobras Revelando os Brasis
- Mostra Brasília
- Festival de Cinema no Metrô
- Festival de Cinema no Gama
- Exibição de filme restaurado: O Segredo da Múmia, de Ivan Cardoso
- Cinema Voador: exibição de curtas e longas nacionais
- Homenagem a Nelson Pereira dos Santos
- Filmejogo, com exibição de A Gruta, de Filipe Gontijo
- Lançamento dos livros e DVDs: Orlando Senna – O Homem da Montanha, de Hermes Leal; Vladimir Carvalho: Pedras na Lua e Pelejas no Planalto, de Carlos Alberto Mattos e O Caldeirão da Santa Cruz do Deserto (Apontamentos para a História), de Rosemberg Cariry e Firmino Holanda, Coleção Glauber Rocha e Coletânea dos filmes de Camilo Cavalcante; Economia da Cultura - A indústria do entretenimento e o audiovisual no Brasil, de Alfredo Bertini; Lance Maior (roteiro), de Sylvio Back, Pioneiros do Cinema em Minas Gerais, de Paulo Augusto Gomes e Bandido da Luz Vermelha (roteiro), de Rogério Sganzerla
- Encontro do Centro de Pesquisadores do Cinema Brasileiro
- Mostra Petrobras de Filme Restaurado, com exibição de O Gigante, de Mário Civelli
- Encontro da ABD Nacional



Com informações da Secretaria de Cultura

Nenhum comentário: